Ir para o conteúdo principal

Governo do Estado de São Paulo

Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos

Notícias

Governador prestigia cerimônia de renomeação do Parque da Juventude

Neste sábado (15), o governador Márcio França participou da cerimônia de renomeação do Parque da Juventude, na capital paulista, para Parque da Juventude “Dom Paulo Evaristo Arns”.

A alteração é uma homenagem a um dos maiores defensores dos direitos humanos no Brasil, conhecido por sua intensa atuação em causas sociais, como o combate à pobreza e a defesa dos Direitos Humanos.

“Esse é um local especial, um dos parques urbanos da capital, e em cima de um outro local que teve muito sofrimento, angústia. A presença do nome do Dom Paulo Evaristo Arns aqui, além de uma homenagem a ele, é uma homenagem à esperança. Aquela que você a cada dia renova. Em especial, à intermediação que ele fez em momentos tão difíceis, criando alternativas pras pessoas em busca de liberdade, de igualdade, de fraternidade”, comentou o governador. O subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita, também esteve na cerimônia e prestou sua homenagem. “Dom Paulo Evaristo Arns sempre priorizou a periferia, lutou pelos direitos humanos e, com muita coragem, denunciou arbitrariedades, torturas e mortes. Por isso, essa é uma homenagem muito emblemática, uma vez que o Carandiru foi palco de afronta aos direitos humanos”.

O evento acontece um dia após a data de falecimento de Dom Paulo Evaristo Arns, em dezembro de 2016, e fecha a semana que festeja os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Desde 2003, o parque mudou a paisagem da Zona Norte de São Paulo ao substituir o Complexo Penitenciário Carandiru por uma área de lazer e entretenimento ao ar livre.

“Há poucos dias, comemoramos os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Uma data marcante e transformadora da história da humanidade e o governo do Estado celebrou essa data de várias maneiras, fizemos um livro comemorativo, a Cultura fez uma ação ampla em todo os 18 museus do Estado. E certamente, o ato mais importante dessa comemoração, eu diria que é esse na data de hoje”, disse o secretário da Cultura Romildo Campelo.

Com cerca de 86 mil visitantes diários, o Parque da Juventude “Dom Paulo Evaristo Arns” possui ampla área verde, instalações para práticas esportivas e áreas de lazer e entretenimento para pessoas de todas as idades, além de espaços para animais de estimação e destinados à realização de shows e grandes eventos.

“Esse parque é o símbolo de uma região antigamente ocupada por um presídio e hoje é símbolo da integração com a população do entorno, com a educação, com a cultura, e que permite que nós tenhamos esse dia maravilhoso para poder nomeá-lo agora Parque da Juventude Dom Paulo Evaristo Arns”, falou o secretário do Meio Ambiente Eduardo Trani.

O local abriga ainda a Biblioteca de São Paulo, dona de um acervo de mais de 35 mil títulos e finalista do The London Book Fair International Excellence Awards 2018, na categoria Melhor Biblioteca do Ano.

“Em 14 de dezembro de 2016 morria Dom Paulo Evaristo Arns, e hoje, dia 15 de dezembro, estamos fazendo essa homenagem na data coincidente ao seu funeral há dois anos, para tudo que ele significou para a sociedade, para a cidade e para a igreja em São Paulo e para o Brasil, as causas nobres e importantes que devem orientar e nortear a vida em sociedade, justiça social e liberdade”, finalizou o cardeal arcebispo metropolitano Dom Odilo Scherer.

O Parque da Juventude “Dom Paulo Evaristo Arns” fica localizado à Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, Carandiru, São Paulo/SP.

Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos

R. Boa Vista, 170 - 2º andar, Centro, São Paulo - SP - CEP 01014-000
Telefones: (11) 3775-6200 / 3775-6212 / 3293-5361