Ir para o conteúdo principal

Governo do Estado de São Paulo

Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos

Notícias

Conselho de Desenvolvimento da Baixada aprova liberação de recursos e debate segurança pública

O Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb) aprovou, na manhã de ontem, 31 de outubro, a liberação de recursos do Fundo de Desenvolvimento para as prefeituras de Praia Grande (R$ 551 mil) e Guarujá (R$ 4 milhões), valores que sairão da cota-parte de cada município. O Fundo é constituído por recursos do governo do Estado e das administrações locais.

Mas, foi o tema da segurança pública que dominou a reunião, realizada no Hotel Chácara do Mosteiro, em São Vicente.

Na ocasião, o subsecretário estadual de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita, destacou o trabalho das polícias Civil e Militar.

Com relação ao efetivo da polícia, ficou confirmado que, a partir de dezembro, haverá reforço para a temporada de verão.

“Quanto ao Palácio da Polícia (em Santos), realmente há a necessidade de uma reforma e já temos projeto pronto”, afirmou Mesquita, ressaltando a importância de implantação de serviços como o Núcleo de Conciliação Criminal (parceria com a UniSantos); o inquérito eletrônico (em construção); o sistema de Retrato Falado e o controle de atendimento de qualidade implantado nas quatro seccionais (Santos, Itanhaém, Registro e Jacupiranga). “É preciso sempre melhorar, todos os órgãos públicos, estaduais, municipais e federais precisam buscar oferecer melhores serviços. Mas as Polícias têm trabalhado dia e noite e apresentado resultados”, concluiu.

Ainda que indiretamente, as liberações de recursos do Fundo de Desenvolvimento Metropolitano, homologadas na reunião, também devem contribuir para a melhoria da segurança pública. 

A Prefeitura do Guarujá apresentou dois projetos: R$ 1,8 milhão para iluminação pública da avenida da orla e do calçadão na Praia do Tombo e R$ 2,2 milhões para obras semelhantes na Praia de Pitangueiras. 

Já a Prefeitura de Praia Grande retirou mais R$ 551,1 mil da sua cota-parte no Fundo para complementar os investimentos no projeto Cerco Eletrônico, que prevê a instalação de câmeras de monitoramento de veículos (com identificação de placas) nas vias marginas da Manoel da Nóbrega (SP-055). Em setembro passado, o Condesb já havia liberado R$ 751,1 mil para este empreendimento.

Além do presidente do Condesb, prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, e dos conselheiros que representam órgãos estaduais, participaram da reunião os prefeitos Pedro Gouvêa (São Vicente), Luiz Maurício (Peruíbe) e Valter Súman (Guarujá). O vice-prefeito de Cubatão, Pedro Sá, representou Ademário Oliveira. Itanhaém, Santos e Mongaguá estavam representadas, respectivamente, pelos secretários André Caldas (Governo), Marcos Libório (Meio Ambiente) e Tenisson Azevedo (diretor de Engenharia e também presidente do Fundo). O diretor-executivo da Agência Metropolitana (Agem), Hélio Hamilton Vieira Jr., presente ao evento, também participa do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista.

 

Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos

R. Boa Vista, 170 - 2º andar, Centro, São Paulo - SP - CEP 01014-000
Telefones: (11) 3775-6200 / 3775-6212 / 3293-5361