Ir para o conteúdo principal

Governo do Estado de São Paulo

Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos

Notícias

Últimas Notícias

Protocolo de intenções sobre resíduos sólidos é assinado durante reunião do Conselho de Desenvolvimento em Jundiaí

Os municípios integrantes da Aglomeração Urbana de Jundiaí assinaram no início da tarde desta terça-feira, 27, durante a 26º reunião do Conselho de Desenvolvimento, um protocolo de intenções para a criação de um plano regional de gestão integrada de resíduos sólidos. Segundo o subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita, a ideia é reduzir a destinação de resíduos para aterros, ação que gerará um impacto positivo no orçamento dos municípios. “A criação de um projeto regional nesse sentido para por várias etapas, como, por exemplo, a revisão das leis municipais, mas os reflexos serão, com toda certeza, muito satisfatórios”.

A mesa central foi composta pelo secretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita, o presidente da Emplasa, Luiz Pedretti; Alexandre Mustafá, vice-prefeito de Itupeva; Juvenal Rossi, prefeito de Várzea Paulista; o chefe de gabinete, Marcos Roberto Aparecido, representando prefeito de Campo Limpo Paulista, Roberto Antonio Japim; Rosimeire Timporim, da secretaria de Obras e Meio Ambiente de Cabreúva, representando o prefeito, Henrique Martins; José Antonio Parimoschi, gestor de Governo e Finanças, representando o prefeito anfitrião e presidente do Conselho, Luiz Fernando Machado; Luigi Longo, assessor para Consórcios e Concessões da secretaria Estadual de Meio Ambiente; Geraldo do Amaral Filho, diretor de Controle e Licenciamento Ambiental da Cetesb e Gleuda Apolinário, coordenadora estadual de Políticas sobre Droga da secretaria de Desenvolvimento Social.

Durante a reunião, houve a apresentação Programa Recomeço – Uma vida sem drogas – a cargo da coordenadora de políticas sobre drogas da secretaria estadual de Desenvolvimento Social, Gleuda Apolinário. O Programa atua na prevenção, tratamento e reinserção social de dependentes químicos. Na sequência, ocorreu a assinatura de Protocolo de Intenções sobre o tema pela secretaria de Desenvolvimento Social, através do presidente do Conselho, prefeito Raul Gazola e pelo subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita e demais prefeitos.

Ao final, foi feita uma atualização pelo presidente da Emplasa, Luiz Pedretti, sobre o andamento do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI). Ele destacou que os grupos de trabalho já foram criados e contam com a participação de diferentes setores da sociedade.

 

28/03/2018 Leia na íntegra esta matéria: (Protocolo de intenções sobre resíduos sólidos é assinado durante reunião do Conselho de Desenvolvimento em Jundiaí)

Reunião do Conselho em Piracicaba trata de resíduos sólidos e combate às drogas

O auditório da Associação Comercial e Industrial de Piracicaba sediou na manhã desta quarta-feira, 28, a 12º reunião do Conselho de Desenvolvimento da Aglomeração Urbana de Piracicaba. A mesa principal foi composta pelo subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita; pelo presidente da Emplasa, Luiz Pedretti; Luigi Longo, secretário Estadual de Meio Ambiente; o prefeito anfitrião e presidente do Conselho, Barjas Negri; o diretor de Controle e Licenciamento Ambiental, Geraldo do Amaral Filho; o promotor de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (GAEMA), Ivan Carneiro Castanheiro e Gleuda Apolinário, coordenadora de Políticas sobre Drogas da secretaria Estadual de Desenvolvimento Social.

Durante a reunião, houve a apresentação Programa Recomeço – Uma vida sem drogas – a cargo da coordenadora de políticas sobre drogas da secretaria estadual de Desenvolvimento Social, Gleuda Apolinário. O Programa atua na prevenção, tratamento e reinserção social de dependentes químicos. Na sequência, ocorreu a assinatura de Protocolo de Intenções sobre o tema pela secretaria de Desenvolvimento Social, através do presidente do Conselho, prefeito Barjas Negri e pelo subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita e demais prefeitos.

Ao final, foi feita uma atualização pelo presidente da Emplasa, Luiz Pedretti, sobre o andamento do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI). Ele destacou que os grupos de trabalho já foram criados e contam com a participação de diferentes setores da sociedade.

De acordo com Edmur Mesquita os dois protocolos assinados são de extrema importância para a região. “Esses dois protocolos assinados hoje serão uma bússola e um farol que iluminarão nosso caminho. São protocolos de desejos, vontades e intenções”. “Essa iniciativa é muito importante, uma vez que o gerenciamento de resíduos sólidos custa caro para todas as cidades”.

 

28/03/2018 Leia na íntegra esta matéria: (Reunião do Conselho em Piracicaba trata de resíduos sólidos e combate às drogas)

Reeleito o presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Ribeirão Preto

Os municípios assinaram protocolo de intenções para o combate ao uso de drogas

 

            A 7ª reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Ribeirão Preto reelegeu como presidente do Conselho, o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira e o vice-presidente, o prefeito de Batatais, José Luís Romagnoli. “Além da eleição, hoje, tratamos de três temas, em convergência com que todos os 34 municípios têm preconizado. O eixo de valorização de capital humano, não ter medo de inovar, para poder fazer mais, melhor e com menos recurso da população para atingir melhores resultados e, em terceiro, a sustentabilidade”, explicou o presidente do Conselho, Duarte Nogueira.

            Após a eleição, com a presença do secretário Estadual de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, os municípios presentes assinaram, com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e a Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos, um protocolo de intenções para o combate ao uso de drogas nos municípios da Região Metropolitana de Ribeirão Preto.

            O subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita também abordou questões relacionadas ao Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado, o PDUI, entre eles, mobilidade urbana, segurança pública, saúde e educação. “O planejamento estratégico dessa região, por intermédio do PDUI, é de extrema importância. A expectativa agora é de que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, aprove a criação da agência reguladora da RMRP, que consiste em uma autarquia, composta por técnicos das mais diversas áreas e possui duas atribuições fundamentais: de pensar o planejamento desta região e, a outra, de buscar o processo de execução daquilo que é decidido pelo Conselho de Desenvolvimento”, explicou Mesquita. 

            Presente na reunião, Luigi Longo, assessor de Consórcios e Concessões na Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, apresentou o termo de compromisso relativo ao Plano Estadual de Resíduos Sólidos da região metropolitana, assinado pelos prefeitos. “Dentro de uma vocação consorciada vamos tratar melhor a destinação dos resíduos que produzimos em toda região de mais de 1,6 milhão de habitantes, de maneira mais sustentável e adequada para a destinação final e reciclagem”, explicou Nogueira.

            Simultaneamente, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Samanta Duarte Nogueira, promoveu a 2ª reunião com as presidentes de Fundo Social de Solidariedade, para apresentar e colocar à disposição, os dados coletados e o diagnóstico levantado pela comissão Intermunicipal para gestão de resíduos sólidos, nos últimos meses, relacionado a região metropolitana. “Para que o Plano de Gerenciamento de resíduos sólidos seja efetivo, antes de tudo, devemos garantir o serviço essencial de forma planejada, que reduz a quantidade de resíduos sólidos por meio de educação ambiental. É importante também ofertar uma coleta, transporte, transbordo, tratamento e disposição final adequada do lixo”, explicou Samanta Duarte Nogueira às presidentes do Fundo Social da região.

27/03/2018 Leia na íntegra esta matéria: (Reeleito o presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Ribeirão Preto)

Diretoria Executiva da Agência de Sorocaba é apresentada durante reunião do Conselho de Desenvolvimento

Aconteceu na manhã desta terça-feira, 27, na prefeitura municipal de Itu, a 14º reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Sorocaba. Na mesa central estavam o subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita; o presidente da Emplasa, Luiz Pedretti; o assessor para Consórcios e Concessões da secretaria estadual de Meio Ambiente, Luigi Longo; o prefeito anfitrião e presidente do Conselho, Guilherme dos Reis Gazzola; os diretores executivos da Agem Sorocaba, Geraldo Cesar Almeida e Fernando Fontão Netto; Maria Lucia Amary, deputada estadual; Geraldo do Amaral Filho, diretor de Controle e Licenciamento Ambiental da Cetesb e a coordenadora de Políticas sobre Drogas da secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Gleuda Apolinário.

Na ocasião, houve a apresentação Programa Recomeço – Uma vida sem drogas – a cargo da coordenadora de políticas sobre drogas da secretaria estadual de Desenvolvimento Social, Gleuda Apolinário. Na sequência, ocorreu a assinatura de Protocolo de Intenções sobre o tema pela secretaria de Desenvolvimento Social, através do presidente do Conselho, prefeito Raul Gazola e pelo subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita e demais prefeitos.

A Diretoria Executiva da Agem Sorocaba foi apresentada aos presentes, composta por Geraldo Cesar Almeida e Fernando Fontão Netto. “A Agência Metropolitana tem entre suas atribuições muito bem definidas na legislação: executar tudo o que é debatido e aprovado pelo Conselho e discutir acerca do crescimento da região. A Agência tem papel estratégico no processo de planejamento a longo prazo”, explanou Edmur Mesquita.

Para finalizar, Edmur Mesquita e Gazzola assinaram o Protocolo de Intenções relativo ao Programa de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos.

 

 

27/03/2018 Leia na íntegra esta matéria: (Diretoria Executiva da Agência de Sorocaba é apresentada durante reunião do Conselho de Desenvolvimento)

FNEM lança novo site sobre regiões metropolitanas brasileiras

O Fórum Nacional de Entidades Metropolitanas reúne informações atualizadas sobre as 74 RMs do país, que hoje concentram mais da metade dos brasileiros

São Paulo, 26 de março de 2018

O Brasil metropolitano não para de crescer. Já foram criadas no país 74 regiões metropolitanas, onde se concentram mais de 100 milhões de pessoas, vivendo em grandes centros urbanos, cercadas dos melhores serviços, mas também enfrentando problemas comuns.

Esse é o universo do estudo e trabalho realizado ao longo dos últimos seis meses pelo Fórum Nacional de Entidades Metropolitanas (FNEM), criado em 1995 pelas nove entidades públicas estaduais então existentes, para fomentar o debate sobre o planejamento e a gestão do espaço metropolitano em todo o país.

"A plataforma do  FNEM ─ www.fnembrasil.org ─ traz informações fundamentais para que se possa estudar e entender as regiões metropolitanas brasileiras, mediante a disponibilização da legislação pertinente, de mapas, dados e indicadores socioeconômicos de cada uma delas", ressalta o vice-presidente do Fórum, Luiz José Pedretti, atual diretor-presidente da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa), vinculada à Secretaria da Casa Civil do Governo do Estado de São Paulo, que ocupa a presidência do FNEM.

Pedretti coordenou a ampla pesquisa que antecedeu o lançamento do novo site, junto com a equipe da área de Documentação Técnica da Emplasa. "Contatamos uma a uma as entidades metropolitanas brasileiras para identificar seus responsáveis e conhecer melhor os arranjos de governança adotados pelo Brasil afora", conta.

O que se deseja, agora, segundo ele, é a colaboração de todos os gestores e usuários para alimentar, manter e ampliar os conteúdos do site.

FNEM

O Fórum Nacional de Entidades Metropolitanas (FNEM) é uma associação civil sem fins lucrativos instituída em 1995. Congrega entidades e órgãos públicos estaduais responsáveis por temas relacionados às regiões metropolitanas brasileiras.

Com sede itinerante – atualmente sob a responsabilidade da Emplasa – o FNEM objetiva promover a valorização do planejamento e gestão do espaço metropolitano, bem como a participação efetiva de organismos metropolitanos na formulação e implementação das políticas de desenvolvimento urbano e regional.

www.fnembrasil.org

26/03/2018 Leia na íntegra esta matéria: (FNEM lança novo site sobre regiões metropolitanas brasileiras)

41-45 of 661<  ...  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  ...  >

Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos

R. Boa Vista, 170 - 2º andar, Centro, São Paulo - SP - CEP 01014-000
Telefones: (11) 3775-6200 / 3775-6212 / 3293-5361